Conecte-se Conosco

Policial

Preso o suspeito de ter estrangulado a ex e enterrado o corpo no quintal, em Duque de Caxias

Publicado

em

Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam na tarde desta última quinta-feira (1), Rafael Pereira Gomes da Silva. Ele está sendo apontado como o assassino de sua ex-companheira, Letícia Barbosa Leite, de 29 anos, em Duque de Caxias-RJ.

Segundo informações, Letícia teria saído para trabalhar no dia 16 de janeiro deste ano. Porém, ela não teria comparecido ao local de seu trabalho. Desde então, não se teve mais notícias de seu paradeiro. Sua família chegou a ir ao Instituto Médico Legal (IML) e deu início a uma intensa campanha de buscas pelas redes sociais, até que começaram a desconfiar de Rafael, por conta de sua falta de empenho nas buscas, além de se lembrarem que ele já havia ameaçado Letícia, pois ela teria dado fim à relação entre os dois e estaria dando início a um romance com outra pessoa.

Investigações indicam que Leticia foi estrangulada e enterrada ainda viva no quintal. Foto: Redes sociais/internet.

Informações dão conta de que Já na sexta-feira (26), familiares e amigos de Letícia decidiram ir até a casa onde morava o casal, que fica no bairro Barro Vermelho, em Duque de Caxias. Lá chegando, encontraram a residência vazia. Mas mesmo assim entraram no imóvel. Eles perceberam que no terreno havia um alicerce com o concreto ainda fresco e desconfiaram. Foi ai que resolveram mexer naquela obra, e encontraram o corpo de Letícia, que estava debaixo de três camadas de cimento. A família procurou a polícia.

As investigações policiais revelaram que Letícia havia sofrido um estrangulamento, e em seguida, enterrada ainda viva. Com o cerco se fechando, Rafael, que é o ex-companheiro de Letícia e principal suspeito, percebendo a movimentação sobre o caso pelas redes sociais, acabou indo à DHBF, onde prestou seu depoimento. Informações dão conta de que Rafael não teria dado a versão real dos fatos. Porém, resolveu mudar a tal versão e contar a verdade. Ele confessou que Letícia teria o comunicado sobre estar engatando um novo relacionamento e que iria morar com essa outra pessoa com o seu filho. Rafael contou que houve discussão, e tomado por ciúmes, teria perdido a cabeça e aplicado um tipo de mata-leão em Letícia. Com o golpe, ela teria sido morta. Em seguida, a enterrou no fundo do quintal da mesma casa onde moravam com os filhos, e jogou camadas de concreto por cima para ocultar o crime. Rafael encontra-se em prisão temporária.

Segundo um familiar, Letícia e Rafael estavam juntos há pelo menos 9 anos e tinham 2 filhos. Um de 5 e outro de 2 anos. Letícia já teria um filho de 7 anos, fruto de um relacionamento anterior. Eles não estavam na casa no momento do crime. Para a família, não restam dúvidas de que Rafael é o autor do assassinato de Letícia.

Veja no vídeo abaixo o que a dra. Fernanda Fernandes, que é delegada da DEAM de Duque de Caxias falou sobre como deve ser o enfrentamento à violência familiar e contra a mulher:

 

96

Policial

Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente fecha carvoaria clandestina na reserva de Tinguá

Publicado

em

Os agentes destruíram os fornos. Fotos: Divulgação.

Uma ação conjunta entre a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), o Instituto Estadual do Meio Ambiente (Inea) e a Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Seas), resultou no fechamento de uma carvoaria clandestina que estava em funcionamento na Reserva Biológica do Tingá, localizada em uma área de mata do Município de Duque de Caxias-RJ. Esta ação foi realizada na manhã desta terça-feira (20) após denúncia anônima e cinco pessoas que trabalhavam na carvoaria foram encaminhadas à especializada.

Segundo informações, com a chegada dos agentes, foi constatado que a carvoaria estava em pleno funcionamento. No local haviam oito fornos. Cinco deles estavam acesos, e produziam carvão à partir da madeira que estava sendo extraída da natureza de forma ilegal. Foram encontrados ainda vários sacos de carvão sem marca ou qualquer outro tipo de identificação e prontos para a comercialização. Os cinco trabalhadores da carvoaria não utilizavam nenhum equipamento de proteção, e nem mesmo tinham registro trabalhista.

Os agentes destruíram os fornos e a estrutura funcional da carvoaria. De acordo com a especializada, os que trabalhavam na carvoaria e que foram pegos em flagrante, responderão por crimes de associação criminosa, poluição atmosférica, produção clandestina de carvão, destruição do meio ambiente e uso de recurso mineral sem licenciamento.

As investigações continuarão para identificar outros possíveis envolvidos, bem como os que adquiriram o carvão, que é de procedência ilegal.

 

Prestigie o comércio local de nossa cidade.

Oficina do Implante – Diana Implantista

Cabelos naturais e orgânicos – Envio para todo o Brasil

Shopping Caxias – Loja 11 Quadra 04
Telefone: (21) 99734-3985

 

96

Continue lendo

Policial

Polícia investiga grupo suspeito de produzir e comercializar suplementos falsificados

Publicado

em

Uma farmácia foi interditada em Duque de Caxias. Foto: Polícia Civil/Divulgação.

Agentes da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM) cumpriu nesta terça feira (20) cerca de 13 mandados de busca e apreensão no Rio, Baixada e Região dos Lagos, e o alvo da operação foi um grupo suspeito de produzir e comercializar suplementos alimentares falsificados. Estes produtos prometiam a cura para a surdez, a catarata e a cegueira, e tinha em suas composições, óleo de cozinha em vez do ômega-3. A ação que contou com o apoio do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), fez apreensões, prendeu uma pessoa e interditou uma farmácia em Duque de Caxias.

Os mandados foram cumpridos em Duque de Caxias, Parada de Lucas, na Zona Norte do Rio, em Cabo Frio e São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos. Houve uma prisão em flagrante, que é a do homem apontado pela polícia como sendo o gerente da organização. Os demais integrantes do grupo investigado não foram encontrados nos endereços indicados nos mandados. Na ação, a polícia apreendeu vasta quantidade dos suplementos falsificado, o maquinário que era usado para a produção, as embalagens, rótulos falsos de marcas conhecidas, celulares, computadores e alguns veículos. Os produtos passarão por perícia para que se saiba a composição real dos suplementos.

Suspeita de óleo de cozinha em vez de ômega-3 na composição. Foto: Polícia Civil/divulgação.

Segundo a Polícia, o grupo produzia os suplementos de forma manual, e sem aparato higiênico. Na composição dos produtos, era adicionado óleo de cozinha, em vez de ômega-3, o que supostamente poderia trazer riscos à saúde de quem viesse a consumir os tais suplementos. O grupo produzia também os rótulos, que imitavam marcas conhecidas do mercado. A quadrilha utilizava o marketing digital para vender os produtos pela internet, e recrutavam também vendedores externos.

As investigações da especializada começaram a partir de denúncias feitas por parte de uma plataforma de vendas on-line do seguimento, em função de várias reclamações registradas de compradores destes suplementos, e que colocavam em xeque a qualidade e a procedência dos produtos adquiridos. Além disso, pelas redes sociais, os envolvidos no esquema constantemente ostentavam viagens, carros de luxo, imóveis de padrão elevado e grandes ganhos financeiros, que que também chamou a atenção dos investigadores.

Provavelmente, os envolvidos responderão por associação criminosa e também por crimes contra a saúde pública e contra o consumidor. As investigações e as buscas pelos envolvidos continuarão.

 

Prestigie o comércio local de nossa cidade.

Oficina do Implante – Diana Implantista

Cabelos naturais e orgânicos – Envio para todo o Brasil

Shopping Caxias – Loja 11 Quadra 04
Telefone: (21) 99734-3985

 

96

Continue lendo

Policial

Homem é flagrado com veículo roubado e abandona família para fugir da polícia

Publicado

em

O veículo que era roubado, foi recuperado pelos agentes. Foto: PRF/Divulgação.

Em patrulhamento na noite deste sábado (17) pela Rodovia Washington Luiz (BR-040), na altura de Duque de Caxias, equipes do Núcleo de Operações Especiais (NOE) da Polícia Rodoviária Federal avistaram um veículo que trafegava de forma suspeita. Os agentes deram ordem de parada, mas o condutor não acatou a tal ordem, o que deu início a uma intensa perseguição em alta velocidade.

Percebendo que seria alcançado pelos policiais, o condutor em fuga resolveu parar o seu veículo, e para a surpresa de todos, evadiu-se pulando a cerca de divide as pistas, deixando pra trás sua sua mãe, sua esposa e seus quatro filhos dentro do carro.

Na averiguação, foi constatado que o veículo era roubado. As mulheres foram conduzidas para a 59ªDP, onde foi lavrada a ocorrência. Segundo informações, elas alegam que não sabiam que o carro era roubado. Até o momento desta postagem, o fugitivo ainda não tinha sido localizado e preso.

 

Prestigie o comércio local de nossa cidade.

Clínica Odontológica Doutora Ana e Doutor Elenilson:
“Um casal de Dentistas e sua equipe, para cuidar de sua saúde bucal e da sua família”.

Rua Genaro Lomba, 125 – Centro de Duque de Caxias.
Próximo ao Supermercado Guanabara

(21) 2673-4945 – Fixo – (21) 97349-5813 – WhatsApp.

 

96

Continue lendo
Propaganda

Destaque