Conecte-se Conosco

Policial

Presa a mulher acusada de enviar bombons envenenados e matar aniversariante

Publicado

em

Uma mulher foi presa nesta quinta-feira (25), acusada de ter colocado veneno em alguns bombons que ela mesmo mandou entregar como presente de aniversário. A aniversariante morreu horas após ter ingerido os tais bombons.

Ouça a reportagem:

 

Atualizações

 

Os fatos

Segundo a Polícia Civil, a acusada, Susane Martins, teria colocado algo parecido com o “chumbinho” nos doces. Em seguida, ela teria mandado seu filho de apenas 17 anos entregar os docinhos envenenados acompanhados por um bouquet de flores no endereço da vítima, a cuidadora Lindaci Viegas, que estava fazendo aniversário naquele sábado (20). Para isso, seu filho teria contratado um mototaxaista para realizar a entrega. Tendo recebido os tais presentes de aniversário, Lindaci acabou consumindo alguns dos bombons. As informações dão conta ainda de que Lindaci foi à óbito poucas horas depois de ter comidos os docinhos e não deu tempo nem mesmo de ser socorrida, pois já teria chegado ao hospital do Andaraí morta.

 

A possível motivação para o crime

Foi apurado pelas primeiras investigações que Suzane e Lindaci tiveram relacionamento com um mesmo homem. Suzane conviveu com esse homem cerca de 2 anos e Lindaci por 4. Para os agentes e para o delegado Fábio de Souza, que é titular da 20ªDP de Vila Isabel, esse crime foi premeditado e foi motivado por ciúmes. A acusada entendia que Lindaci era o fator que impedia a retomada do relacionamento com o ex-companheiro.

Os investigadores encontraram no celular da vítima uma mensagem intimidatória que dizia “falo pouco mas faço muito”, e com uma foto da acusada ostentando uma arma. Esta arma também foi encontrada e está apreendida.

 

Ameaças

Após a grande repercussão do caso, Suzane teria procurado o mototaxista que havia feito a entrega, e passou a ameaça-lo, inclusive se passando por uma traficante da região. O mototaxi procurou a polícia e expos sua versão dos fatos e mostrou aos agentes as mensagens intimidatórias que a acusada o enviou. Através do mototaxista é que os investigadores chegaram até a acusada. Ela foi presa em Acari, que fica na Zona Norte do Rio.

 

Suzane está presa em Benfica. Se provada a sua culpa, a acusada provavelmente irá responder por homicídio com dupla qualificação, por envenenamento, morte por motivo fútil e ainda a possibilidade de também responder por corrupção de menor, visto que ela envolveu seu filho de 17 anos em um crime.

Há informações de que outras pessoas também tinham comido dos bombons. A vítima compartilhou os docinhos em um salão de beleza, sem saber que estavam envenenados. Isso pode indicar que nem todos os docinhos continham veneno.

Mario Sérgio, o homem que a vítima e a acusada tiveram relacionamento e havia sido preso preventivamente após deflagração do caso, teve sua prisão revogada pelo Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) por falta de elementos que comprovem seu envolvimento no caso.

 

Assista a nossa programação:

4253

Continue lendo

Policial

Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente fecha carvoaria clandestina na reserva de Tinguá

Publicado

em

Os agentes destruíram os fornos. Fotos: Divulgação.

Uma ação conjunta entre a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), o Instituto Estadual do Meio Ambiente (Inea) e a Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Seas), resultou no fechamento de uma carvoaria clandestina que estava em funcionamento na Reserva Biológica do Tingá, localizada em uma área de mata do Município de Duque de Caxias-RJ. Esta ação foi realizada na manhã desta terça-feira (20) após denúncia anônima e cinco pessoas que trabalhavam na carvoaria foram encaminhadas à especializada.

Segundo informações, com a chegada dos agentes, foi constatado que a carvoaria estava em pleno funcionamento. No local haviam oito fornos. Cinco deles estavam acesos, e produziam carvão à partir da madeira que estava sendo extraída da natureza de forma ilegal. Foram encontrados ainda vários sacos de carvão sem marca ou qualquer outro tipo de identificação e prontos para a comercialização. Os cinco trabalhadores da carvoaria não utilizavam nenhum equipamento de proteção, e nem mesmo tinham registro trabalhista.

Os agentes destruíram os fornos e a estrutura funcional da carvoaria. De acordo com a especializada, os que trabalhavam na carvoaria e que foram pegos em flagrante, responderão por crimes de associação criminosa, poluição atmosférica, produção clandestina de carvão, destruição do meio ambiente e uso de recurso mineral sem licenciamento.

As investigações continuarão para identificar outros possíveis envolvidos, bem como os que adquiriram o carvão, que é de procedência ilegal.

 

Prestigie o comércio local de nossa cidade.

Oficina do Implante – Diana Implantista

Cabelos naturais e orgânicos – Envio para todo o Brasil

Shopping Caxias – Loja 11 Quadra 04
Telefone: (21) 99734-3985

 

4253

Continue lendo

Policial

Polícia investiga grupo suspeito de produzir e comercializar suplementos falsificados

Publicado

em

Uma farmácia foi interditada em Duque de Caxias. Foto: Polícia Civil/Divulgação.

Agentes da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM) cumpriu nesta terça feira (20) cerca de 13 mandados de busca e apreensão no Rio, Baixada e Região dos Lagos, e o alvo da operação foi um grupo suspeito de produzir e comercializar suplementos alimentares falsificados. Estes produtos prometiam a cura para a surdez, a catarata e a cegueira, e tinha em suas composições, óleo de cozinha em vez do ômega-3. A ação que contou com o apoio do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), fez apreensões, prendeu uma pessoa e interditou uma farmácia em Duque de Caxias.

Os mandados foram cumpridos em Duque de Caxias, Parada de Lucas, na Zona Norte do Rio, em Cabo Frio e São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos. Houve uma prisão em flagrante, que é a do homem apontado pela polícia como sendo o gerente da organização. Os demais integrantes do grupo investigado não foram encontrados nos endereços indicados nos mandados. Na ação, a polícia apreendeu vasta quantidade dos suplementos falsificado, o maquinário que era usado para a produção, as embalagens, rótulos falsos de marcas conhecidas, celulares, computadores e alguns veículos. Os produtos passarão por perícia para que se saiba a composição real dos suplementos.

Suspeita de óleo de cozinha em vez de ômega-3 na composição. Foto: Polícia Civil/divulgação.

Segundo a Polícia, o grupo produzia os suplementos de forma manual, e sem aparato higiênico. Na composição dos produtos, era adicionado óleo de cozinha, em vez de ômega-3, o que supostamente poderia trazer riscos à saúde de quem viesse a consumir os tais suplementos. O grupo produzia também os rótulos, que imitavam marcas conhecidas do mercado. A quadrilha utilizava o marketing digital para vender os produtos pela internet, e recrutavam também vendedores externos.

As investigações da especializada começaram a partir de denúncias feitas por parte de uma plataforma de vendas on-line do seguimento, em função de várias reclamações registradas de compradores destes suplementos, e que colocavam em xeque a qualidade e a procedência dos produtos adquiridos. Além disso, pelas redes sociais, os envolvidos no esquema constantemente ostentavam viagens, carros de luxo, imóveis de padrão elevado e grandes ganhos financeiros, que que também chamou a atenção dos investigadores.

Provavelmente, os envolvidos responderão por associação criminosa e também por crimes contra a saúde pública e contra o consumidor. As investigações e as buscas pelos envolvidos continuarão.

 

Prestigie o comércio local de nossa cidade.

Oficina do Implante – Diana Implantista

Cabelos naturais e orgânicos – Envio para todo o Brasil

Shopping Caxias – Loja 11 Quadra 04
Telefone: (21) 99734-3985

 

4253

Continue lendo

Policial

Homem é flagrado com veículo roubado e abandona família para fugir da polícia

Publicado

em

O veículo que era roubado, foi recuperado pelos agentes. Foto: PRF/Divulgação.

Em patrulhamento na noite deste sábado (17) pela Rodovia Washington Luiz (BR-040), na altura de Duque de Caxias, equipes do Núcleo de Operações Especiais (NOE) da Polícia Rodoviária Federal avistaram um veículo que trafegava de forma suspeita. Os agentes deram ordem de parada, mas o condutor não acatou a tal ordem, o que deu início a uma intensa perseguição em alta velocidade.

Percebendo que seria alcançado pelos policiais, o condutor em fuga resolveu parar o seu veículo, e para a surpresa de todos, evadiu-se pulando a cerca de divide as pistas, deixando pra trás sua sua mãe, sua esposa e seus quatro filhos dentro do carro.

Na averiguação, foi constatado que o veículo era roubado. As mulheres foram conduzidas para a 59ªDP, onde foi lavrada a ocorrência. Segundo informações, elas alegam que não sabiam que o carro era roubado. Até o momento desta postagem, o fugitivo ainda não tinha sido localizado e preso.

 

Prestigie o comércio local de nossa cidade.

Clínica Odontológica Doutora Ana e Doutor Elenilson:
“Um casal de Dentistas e sua equipe, para cuidar de sua saúde bucal e da sua família”.

Rua Genaro Lomba, 125 – Centro de Duque de Caxias.
Próximo ao Supermercado Guanabara

(21) 2673-4945 – Fixo – (21) 97349-5813 – WhatsApp.

 

4253

Continue lendo
Propaganda

Destaque