Conecte-se Conosco

Agentes da Delegacia Especial de Crimes Contra o Consumidor (Decon) prenderam uma mulher que foi identificada como Jéssica, que está sendo acusada de estar realizando procedimentos estéticos sem a devida formação. Sua prisão aconteceu nesta quarta-feira (23) em Botafogo, Zona Sul do Rio.

Segundo os agentes, a acusada ainda é estudante de biomedicina estética e estaria no primeiro período do curso. Ela foi localizada e detida atendendo em um imóvel situado nos fundos de uma loja de vendas de motos, onde não havia licença de funcionamento no ramo de estética ou mesmo autorização junto à Vigilância Sanitária. No local, que estaria funcionando há cerca de um mês, foram apreendidos vários medicamentos e produtos fora da validade. Anteriormente, ela estaria atendendo em um outro endereço em Ipanema, também Zona Sul do Rio.

Informações dão conta ainda de que a investigada se apresenta como biomédica em suas redes sociais e ela teria feito um procedimento em uma cliente para “trincar a barrica” em outubro deste ano. Porém, o procedimento não teria tido sucesso, o que acabou causando lesões no abdômen desta cliente, que a por sua vez, a denunciou.

Presa em flagrante, a estudante de biomedicina pagou a fiança, foi liberada e responderá em liberdade por crime contra as relações de consumo e por exercício ilegal da profissão de biomédica.

 

Inscreva-se em nosso canal do YouTube

 

14

Policial

Por causa da ex, rapaz é preso por matar amigo de infância em Duque de Caxias

O rapaz aguardou para dar o flagrante, e a tiros, matou o amigo de infância.

Publicado

em

Em Duque de Caxias, agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam nesta quarta-feira (1), um rapaz de 25 anos por suspeita de ter matado seu amigo de infância, de 22 anos, no sábado (28).

Segundo informações, o motivo do homicídio teria sido a descoberta de que seu amigo estaria se relacionando com sua ex-esposa. E para se vingar, o suspeito teria estrategicamente se escondido em um veículo estacionado próximo à residência da ex, e aguardado presenciar a cena em ambos estivessem juntos para dar o flagrante, e matá-lo a tiros.

Já capturado pelos policiais, na delegacia, o suspeito confessou realmente ter atirado várias vezes na vítima. Em seguida, o assassino foi encaminhado ao presídio de Benfica, passará por audiência de custódia e ficará a disposição da Justiça.

Após os tiros, seu o amigo de infância foi socorrido e levado para um posto de saúde em Santa Cruz da Serra. A vítima não resistiu aos ferimentos e foi à óbito.

 

Prestigie o comércio local de nossa cidade.

14

Continue lendo

Policial

Vídeo mostra momento em que um guarda municipal desfere socos em motorista

Publicado

em

Um vídeo gravado por um transeunte acabou viralizando nas redes sociais nesta quarta-feira (14). O vídeo flagra o exato momento em que um guarda municipal do Rio desfere uma sequência de socos em um motorista que estava em seu veículo na Rua da Assembleia, que fica no Centro do Rio.

Segundo informações, o motorista teria estacionado de forma irregular o seu veículo em um ponto de ônibus. Após a violenta cena, o guarda foge do local.

Atualização

Foi localizado o motorista que foi agredido por um guarda municipal no Centro do Rio de Janeiro na última quarta-feira (14) e trata-se de Daniel Pereira, que é um pastor evangélico.

Segundo informações toda a confusão teve início a partir do momento em que o pastor teria estacionado seu veículo de forma irregular em um ponto de ônibus, pois ele teria ido à um cartório próximo. Sua filha de apenas 14 anos teria ficado no interior do veículo, e o aguardava, quando em determinado momento, o tal guarda municipal teria ameaçado multar e rebocar o veículo, foi quando ela ligou para o pai e contou o que estaria acontecendo.

Ao retornar ao seu veículo, iniciou-se uma discussão entre os dois, que acabou evoluindo para estas agressões apresentadas no vídeo que foi gravado por um transeunte, e viralizou rapidamente pelas redes sociais. Em em relato, o pastor afirmou que o guarda teria se dirigido à sua filha “de forma abrupta”. O pastor ressaltou que a menina sofre de transtornos de ansiedade. Após a sequência de socos, o guarda municipal evadiu-se do local. O caso foi parar na delegacia, onde ambos, o guarda agressor e o pastor agredido deram suas versões sobre os fatos.

Segundo também informações, o guarda teria dado queixa contra o motorista por desacato e alegou que teria sido o pastor que o agrediu primeiro, tendo apenas se defendido, e evadiu-se do local temendo ser linchado. Já o pastor em seu depoimento alegou que o guarda municipal, além de ter sido grosseiro no trato com sua filha, ele teria também atirado um pedregulho no vido do seu veículo, teria ainda usado de palavras ofensivas e discriminatórias em relação à sua cor, e na sequência, partido para as agressões. O pastor negou que agrediu o agente. Ele afirmou que apenas o chamou de covarde, por causa do trato com uma menina de 14 anos.

O guarda municipal está afastado de suas funções. Foi aberto um inquérito para apurar os fatos.

 

14

Continue lendo

Policial

Criança morre após ser atropelada por veículo que pai dava “tranco”

Ele foi avisado pelo vizinho que a criança estava debaixo do carro.

Publicado

em

Uma menina de apenas um ano e oito meses acabou sendo atropelada pelo pai, enquanto ele dava “um tranco” no seu carro. O acidente aconteceu no último sábado (3) em Itatiaia, um município do Rio de Janeiro que fica na divisa de Minas Gerais.

Segundo informações, o pai da criança tentava funcionar o seu veículo, e não teria percebido a aproximação da menina. Em seguida, ele foi avidado por um vizinho que a menina estava debaixo do carro. A menina foi retirada e levada para o Hospital Municipal Manoel Martins de Barros, onde recebeu os primeiros socorros. Devido a gravidade de seus ferimentos, a criança foi transferida para um hospital no município vizinho, o Hospital de Emergência de Resende. Não resistindo, a criança foi à óbito.

Informações da Polícia Civil dão conta de que o pai não possui habilitação. No entanto, segundo o testemunho do vizinho que ajudou a socorrer a criança, o pai não estaria dirigindo o veículo e sim, empurrando.

O pai prestou seu depoimento à polícia local e foi liberado em seguida. Ele responderá por homicídio culposo, que é quando não se tem a intenção de matar. O caso está registrado na 99ª Delegacia de Polícia de Itatiaia. A Polícia Civil abriu inquérito para que sejam apuradas as circunstâncias deste crime.

A menina foi sepultada no Cemitério Municipal da cidade de Itatiaia, na tarde de domingo (4).

 

 

14

Continue lendo

Destaques