Conecte-se Conosco

Policial

Anestesista é preso em flagrante por estupro de paciente que passava por cesárea

Delegada fala sobre o caso.

Publicado

em

Foto: divulgação/redes sociais

Atualizações

Nesta sexta-feira (15), o juiz Luís Gustavo Vasques, da 2ª Vara Criminal da São João de Meriti aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público, tornando réu o médico anestesista Giovanni Quintela Bezerra, pelo crime de estupro de vulnerável. O MP sugere sigilo quanto ao processo e pede também uma indenização de não menos que 10 salários mínimos para a vítima.

Informações dão conta de que ainda nesta sexta-feira, uma mulher que teria sido submetida a procedimento em seu parto com a participação do médico anestesista no dia 16 de junho no Hospital da Mulher de São João de Meriti, procurou atendimento na Deam da cidade e também fez denúncia contra o anestesista. Ela compareceu à unidade policial de forma espontânea. Há relatos de que ela teria chorado muito ao expor o caso.

Além deste fato amplamente divulgado, a Polícia Civil está investigando mais 40 possíveis caso de estupros praticados pelo médico anestesista durante procedimentos em que ele havia participado. Em vários canais de notícias, fala-se algo em torno de 44 participações do anestesista, somente no Hospital da Mulher de Mesquita.

Em reunião plenária realizada nesta terça-feira (12), foi aprovada pelo Conselho Regional de Medicina (Cremerj) a suspensão provisória do registro profissional do médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra. Sendo assim, o anestesista fica impedido de exercer a profissão em todo território nacional. O Cremerj informa também que está sendo instaurado um processo ético-moral que poderá acarretar em uma cassação definitiva de seu registro profissional.

Na tarde desta terça-feira (12), após passar por audiência de custódia, o médico anestesista foi transferido para o presídio Pedrolino Werling de Oliveira, o Bangu 8, no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio. Ele vai estar em ala que é destinada à presos que possuem curso superior. Por decisão da juíza Rachel Assad, a prisão do anestesista foi convertida de temporária para preventiva.

A Delegada da Deam e responsável pelas investigações, Bárbara Lomba, fala sobre o caso.
Ouça no áudio:

A delegada ainda acredita que o anestesista tenha feito mais vítimas também em outros hospitais, e segundo ela, será feito um levantamento sobre o número de pacientes atendidas pelo anestesista desde o início de suas atividades.

Os fatos

Giovanni Quintella Bezerra, médico anestesista de 32 anos, foi preso em fragrante por estupro de uma paciente que dava a luz no momento do seu procedimento. A paciente estava dopada. O fato ocorreu na madruga da desta segunda-feira (11) no Hospital da Mulher em São João de Meriti.

Segundo informações, funcionários do hospital começaram a perceber a quantidade excessiva de sedativos que o anestesista aplicava nas pacientes, e acostumados a acompanha-lo durante os procedimentos, estariam achando estranho a maneira em que realizava seu trabalho, pois ele tinha o costume de utilizar de algo parecido com um lençol para obstruir a visão do que ele estaria fazendo, foi quando alguns destes funcionários decidiram colocar um celular de forma estratégica e gravar o que poderia estar acontecendo por de trás do tal lençol.

Para surpresa de todos, as imagens mostraram algo terrível: o anestesista aproveitava da vulnerabilidade das pacientes, que estavam altamente dopadas, e as estuprava.

Rapidamente, os funcionários que gravaram as horríveis e inacreditáveis cenas, tomaram logo a decisão de denunciar o abuso a direção do hospital, que por sua vez, acionou imediatamente a polícia, e médico anestesista acabou preso em flagrante no próprio hospital. No momento da prisão, ele demonstrou surpresa, e principalmente quando soube que tudo havia sido gravado. As chocantes e perturbadoras cenas foram vistas por milhares de pessoas no mundo todo através dos noticiários.

Há informações de que Giovanni Quintella Bezerra tenha se formado no curso de Medicina no ano de 2017, pelo Centro Universitário de Volta Redonda (UniFOA) e concluiu a especialização em anestesia no início de abril deste ano, e desde então, começou a atuar como anestesista, trabalhando em pelo menos 10 hospitais da rede pública e privados.

A princípio, o anestesista foi indiciado por estupro de vulnerável, e a pena para este tipo de crime é de 8 a 15 anos de prisão. Foi aberta uma sindicância interna, segundo a direção do hospital. A direção também informa que o Cremerj, que é o Conselho Regional de Medicina, foi notificado quanto aos fatos.

73

Policial

Megaoperação em “feirão” apreende cerca de 50 toneladas de mercadorias falsificadas

A ação teve o objetivo de reprimir a venda de produtos falsificados.

Publicado

em

Fotos: Divulgação

Uma megaoperação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal e a Receita Federal acabou aprendendo cerca de 50 toneladas de produtos falsificados na manhã desta quarta-feira (21). A ação, que foi realiza no galpão conhecido com “Feirão”, localizado às margens da Rodovia Washington Luís, em Duque de Caxias, teve como objetivo, reprimir a comercialização de produtos piratas.

Segundo informações, a operação contou com 70 agentes das instituições, 20 viaturas e 4 caminhões que foram utilizados para o transporte de todo material apreendido, dentre eles, bonés, chinelos, e principalmente, muitos tênis. Todos estes produtos falsificados eram de marcas conhecidas e ficarão nos depósitos da Receita Federal.

A grande quantidade de viaturas que estavam do lado de fora do feirão acabou chamando a atenção, e muitos que passavam pelo local registraram a movimentação dos agentes com seus celulares. Muitos destes vídeos foram postados em redes sociais e aplicativos de conversas, e claro, viralizavam rapidamente.

Prestigie o comércio local de nossa cidade.

73

Continue lendo

Policial

Policiais do 15ºBPM recuperam carga de lubrificantes e prendem dois elementos em flagrante

Publicado

em

Policiais do 15º Batalhão de Duque de Caxias recuperaram na manhã desta quarta-feira (21) uma carga de lubrificantes automotivos avaliada em cerca de R$500, mil.

Na ação, que aconteceu no bairro Jardim Primavera, dois homens foram presos em fragrante pelo roubo da carga e uma pistola com um tipo de extensor de munição foi apreendida. Apesar das prisões, não há informações se teria tido troca de tiros.

Estaremos no aguardo sobre atualizações sobre este fato.
Parabéns aos guerreiros do 15ºBPM

 

Prestigie o comércio local de nossa cidade.

73

Continue lendo

Policial

Ator José Dumont é preso por armazenamento de material contendo pornografia infantil.

Publicado

em

Foi preso em flagrante nesta quinta-feira (15), o ator da Globo, José Dumont, de 72 anos, por suspeita de pedofilia. Segundo informações, o ator teria recebido em sua residência, agentes da Polícia Civil, onde em cumprimento de mandado de busca e apreensão, foram localizados em seu computador pessoal e também em seu celular, imagens contendo pornografia envolvendo menores de idade.

Ainda segundo estas informações, por conta de denúncias de vizinhos, Dumont já estava sendo investigado por supostamente ter sido flagrado por câmeras de segurança do condomínio onde mora em momentos em que ele abusava de um menino de 12 anos, dando-lhe beijos e fazendo carícias. O ator teria se aproximado deste menor de idade a cerca de um ano. Nesta aproximação, Dumont teria oferecido presentes e ajuda financeira ao menino.

A princípio, a residência de Dumont estava sendo alvo de busca e apreensão. Porém, a prisão em flagrante deu-se por conta das fotos e dos vídeos armazenados em seu computador e celular, pois, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, é crime armazenar e ou compartilhar este tipo de material.

Após a prisão, José Dumont foi encaminhado pelos agentes para a Delegacia da Criança e do Adolescente (Dcav), e no fim da tarde, passou por audiência de custódia e teve sua prisão mantida.

A Globo se manifestou quanto ao ocorrido com o ator, e informou por meio de nota que não tolera este e nenhum outro tipo de comportamento criminoso. Informou também que o ator foi retirado do elenco de “Todas as Flores”, novela que estará disponível pela plataforma de streaming da emissora a partir de 17 de outubro deste ano.

Prestigie o comércio local de nossa cidade.

Um podcast pra chamar de seu!

Simone Loppez Beauty Studio – Salão de beleza

73

Continue lendo

Destaque